quinta-feira, 7 de abril de 2011

Como Limpar e Cortar um Frango em Pedaços

Antes de qualquer coisa vou contar uma situação que aconteceu comigo logo que me casei, que causou de meu marido passar anos sem comer frango. Hoje eu morro de rir com isso, mas no dia foi um caos.
Disse para minha secretária para limpar o frango inteiro e que quando tivesse tudo pronto me chamasse pois eu iria preparar o frango. (récem casada, queria mostrar os dotes ao marido né?). Quando cheguei na cozinha fiz o que tinha escrito na receita, até hoje me lembro, era só passar cebola, alho e shoyo no frango e colocar no forno.
Quando o frango chega a mesa meu marido elogiou, pois ele estava bem dourado e bonito, partiu um pedaço do peito, outro elogio pois estava gostoso, e meu ego cada vez melhor, quando ele foi repetir e parti outro pedaço do peito, veio junto um plastico derretido, era o saco do miúdo que fica dentro do frango. Chamei minha secretária e perguntei como ela limpou o frango, ela me falou e vi que ela achava que só era em cima do frango que tinha que limpar. Ela não limpou por dentro lógico e não tirou o saco de dentro do frango. Meu ego que estava lá em cima, caiu repentinamente, pois não ensinei como limpava um frango, mas nunca imaginei que uma pessoa não soubesse limpar um frango.
Por conta disso meu marido passou uns 7 anos sem comer frango.
Então saibam que para limpar um frango inteiro, primeiro tem que tirar o saco dos miudos, depois lava e passa limão em todo o frango, por fora e por dentro, para depois temperar ao seu gosto.

Antes de mais nada, uma aula especial sobre como dividir o frango em pedaços, uma das dificuldades do aprendiz. Utilizaremos a divisão tradicional, onde se obtém de 13 a 15 pedaços:




1 - Lave o frango, por fora e por dentro, esfregando-o com meio limão para tirar parte do cheiro da ave. Coloque-o sobre uma tábua. Comece pelas asas. Corte-as, com uma faca afiada, buscando a articulação que prende as coxas da asa às costelas. Separe as coxinhas das asas propriamente ditas, cortando-as na articulação.

2 - Faça o mesmo com as coxas, cortando juntas, numa peça só, a coxa e a sobrecoxa. A melhor forma de encontrar as articulações é movendo a peça de carne e cortando na direção indicada pelo movimento.

3 - Após separar as coxas da carcaça, separe os dois pedaços: coxa e sobrecoxa, cortando na articulação que separa os dois pedaços.

4 - Corte a carcaça em dois, separando o peito. Corte sobre o osso das costelas. Não é difícil, se usar uma faca afiada. Continue o corte até separar em duas partes.

5 - Divida o peito. Tradicionalmente, ele tem 3 pedaços: o peito propriamente dito, a ponta do peito e o "jogo". A ponta do peito é o pedaço triangular na extremidade da peça. Procure o lugar onde termina o osso e começa uma cartilagem e corte.

6 - Para separar o jogo, procure cortar, primeiro, com a faca a 90 graus e, depois virá-la, de forma a contornar o osso do peito.

7 - Separe o curanchim e as costelas, cortando com a faca bem no meio entre os dois pedaços. A faca afiada, outra vez repetimos, é garantia de um corte fácil.

8 - Limpe o curanchim, retirando a glândula que fica na pontinha do mesmo. Separe em dois pedaços o curanchim e as costelas, se quiser, partindo-as ao meio, no sentido longitudinal.

Um comentário:

  1. parabéns pelo blog. que tal dar dicas de receitas diet??? sou diabetica e fico atrás de receitas diferentes. um curso para as secretárias, seria interessante...............que tal???
    parabéns. adorei.

    ResponderExcluir